BIKE MTB Notícias

Participante da Brasil Ride chega à Bahia após pedalar por seis países do continente em um ano

O belo-horizontino Breno Bizinoto iniciou viagem em setembro de 2017 e percorreu de bike um total 17.000 km entre viagens, utilizadas como treinamento, para disputar seis provas
Lago Titicaca no Peru, próximo da divisa com a Bolívia (Divulgação)

São Paulo (SP) – Uma viagem de cicloturismo pela América do Sul, com o objetivo de treinar e disputar provas no meio do caminho. Foi essa ideia que motivou o arquiteto Breno Bizinoto, belo-horizontino de 28 anos, para viajar durante um ano por seis países em um total de 17 mil km pedalados: Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Bolívia e Peru. Seguindo esta ordem, Breno iniciou em setembro de 2017 a viagem que terminou há poucos dias no projeto batizado como Ciclo Sul. Seu próximo desafio? Competir pela segunda vez na ultramaratona Brasil Ride, entre 21 e 27 de outubro, no extremo sul da Bahia, formando dupla com o amigo que o incentivou a fazer a bike trip, Antonio Freitas.

“A ideia veio de aproveitar os quilômetros rodados, geralmente durante os treinamentos de bike, e com eles conhecer o mundo fazendo o que mais gosto, treinar e competir em algumas das melhores provas por etapas de mountain bike da América do Sul. A Brasil Ride 2018, em Porto Seguro e Guaratinga, será a sexta ultramaratona que irei disputar na sequência deste desafio de cicloturismo que propus, o Ciclo Sul”, conta Breno. “Com isso, pude viajar e treinar entre cada cidade que eu ia passando e já me aclimatava ao próximo destino, me acostumando com temperatura e altitude. Um desafio interessante era o de tirar as malas de cima da bike e transformá-la em uma ferramenta competitiva”, explica.

Ciclista no Salar de Uyuni na Bolívia (Divulgação)

“Nunca tive contato com cicloviagens, mas sempre com provas iguais às da Brasil Ride. Esta foi uma cicloviagem competitiva, um conceito que eu acabei criando. Ou seja, o que definiu os pontos da minha viagem foram as competições. Eu ia sempre de encontro a elas. Não tracei pontos turísticos, mas sim provas que eu queria disputar. Chegar preparado para a Brasil Ride foi uma meta, passando em casa agora, em setembro, cerca de um mês antes da nona edição”, complementa.

No meio do caminho, Breno participou de uma prova em que um grande conhecido dos ciclistas  da Brasil Ride também também estava. “Uruguai e Bolívia foram os únicos países em que não disputei nenhum evento. Quando cheguei no Chile, após quatro meses do início da viagem, em janeiro, competi na Transandes na Patagônia. O Mario Roma, fundador da Brasil Ride, também estava lá”, relembra Breno.

Passagem pelo Pantanal boliviano, próximo ao Brasil (Divulgação)

 

Breno durante competição no Peru (Anthony Gordon / Divulgação)

“Participei da Brasil Ride em 2012, quando era realizada na Chapada Diamantina, também na Bahia. Em 2015, encarei as 24 Horas da Brasil Ride em Botucatu (SP). Essas fagulhas foram a minha escola para as longas distâncias e assim encarar o desafio do Ciclo Sul, que incluiu as ultramaratonas mais difíceis da America do Sul, como uma no Peru que tinha a duração de 1.800 km, podendo ser finalizada em até 12 dias. Não havia nenhum tipo de suporte por parte da organização e você poderia escolher o caminho que preferisse para chegar até os check points diários, embora eles indicassem um que fosse ideal na visão deles”, relata Breno.

Breno na Brasil Ride 2012 (Divulgação)

A prova – Considerada a Giro d’Itália do MTB mundial, a ultramaratona marcada para os dias 21 a 27 de outubro, no Extremo Sul da Bahia, oferece um desafio e tanto para os 500 atletas participantes do mundo inteiro. Durante sete dias, os inscritos na disputa têm pela frente cerca de 600 km e quase 11.000 m de altimetria acumulada, entre trilhas e estradas de terra que ligam Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, a Vila Brasil Ride, construída anualmente em Guaratinga. No último dia da competição, o sábado (27), mais 1.200 ciclistas de todo o País juntam-se às estrelas do mountain bike internacional, para a disputa da Maratona dos Descobrimentos. Uma oportunidade única de pedalar e ver de perto os melhores mountain bikers do mundo.

Inscrições – As inscrições para a nona edição da ultramaratona estão esgotadas. No entanto, os interessados em sentirem o gostinho de pedalar com campeões olímpicos, mundiais e continentais, devem se apressar para participar da Maratona dos Descobrimentos, na manhã do sábado (27). Para garantir uma vaga na prova que é realizada durante a decisão da Brasil Ride, basta acessar o endereço: http://www.brasilride.com.br/press/prova/MaratonadosDescobrimentos.


Brasil Ride: Mais que uma prova, uma etapa em sua vida.

Mais informações:
Site: http://www.BRASILRIDE.COM.BR
Facebook: www.facebook.com/BRASILRIDE
Twitter: @brasil_ride
Instagram: @brasilride

ZDL Sports – Gustavo Coelho / Doro Jr. – Mtb 13209
E-mail: [email protected]
Tel: 11 32855911 / Vivo: 11 9.8457-9699