Notícias

Meninas são maioria na Liga NESCAU JP

Entre os mais de sete mil alunos/atletas participantes, 51% são do sexo feminino, quebrando a hegemonia dos garotos após três edições do evento. Rodada deste sábado (6) reunirá mais de 800 crianças no clube Esperia, em São Paulo
Equipe de ginástica na Liga NESCAU (João Pires/Fotojump)

São Paulo (SP) – Em tempos de empoderamento feminino, pode causar estranheza saber que, no Brasil, as mulheres chegaram a ser proibidas por lei de participar esportes como o futebol. Por quase 40 anos – de 1941 a 1979 -, se elas fossem vistas com uma bola nos pés, poderiam até ser levadas para uma delegacia. O Decreto-Lei 3.199, do Conselho Nacional de Desportos (CND), apontava que “às mulheres não se permitirá a prática de desportos incompatíveis com as condições de sua natureza, devendo, para este efeito, o CND baixar as necessárias instruções às entidades desportivas do país”. Em 2018, a situação é outra e há exemplos da força do ex-‘sexo frágil’ no esporte desde cedo.

Considerada uma das maiores do Brasil, a LIGA NESCAU JP chega à quarta edição reunindo 7.660 alunos/atletas de 300 instituições de ensino de São Paulo até o final de novembro. Pela primeira vez, o número de meninas ultrapassa o de meninos. Em 2018, são 51% de participação feminina e 49% masculina, enquanto no ano passado, a proporção era de 54% a 46% em favor dos garotos.

Neste sábado (6), a Liga NESCAU terá mais uma rodada em São Paulo. O clube Esperia receberá os alunos atletas para disputas nas modalidades atletismo, futsal, tênis de mesa e tênis de mesa adaptado. No total, serão mais de 800 crianças e jovens em ação. No geral, a competição traz nove modalidades para meninos e meninas, de 10 a 16 anos. São elas: futsal, vôlei, basquete, handebol, atletismo, ginástica artística (apontada como uma das razões para o aumento da participação feminina), natação, tênis de mesa e judô. As disputadas são nas categorias pré-mirim (sub-12 anos), mirim (sub-14) e infantil (sub-16).

 

Atletismo feminino (João Pires/Fotojump)

Inclusão total – Classificada entre os maiores eventos de esporte estudantil do país, a LIGA NESCAU também é a única competição brasileira a incluir portadores de deficiência entre as promovidas pela inciativa privada, além de criar uma ação inédita ao unir esporte e paradesporto, traz ainda outro dado relativo a inclusão no esporte. Além das nove modalidades convencionais, também inclui seis esportes adaptados: atletismo, basquete sobre rodas, tênis de mesa, vôlei sentado, natação e judô.

Atletismo paradesportivo (João Pires/Fotojump)

Para incentivar ainda mais a garotada, a LIGA NESCAU JP conta com sete embaixadores para a competição de 2018: a jogadora de vôlei Tandara, o craque Falcão, a judoca Mayra Aguiar, o ex-nadador Thiago Pereira, a ginasta Flávia Saraiva, a paratleta Verônica Hipólito e o jogador de basquete Yago Mateus. As rodadas da quarta edição do torneio serão nos clubes Sírio, Juventus e Esperia. As finais estão programadas para os dias 24 e 25 de novembro, no Pacaembu.

Evolução – A LIGA NESCAU foi denominada como Copa NESCAU nas primeiras três edições. Para 2018, não é apenas o nome que muda. A competição cresceu de cinco para 15 modalidade, além de aumentar a inclusão com mais opções de paradesporto. O número de participantes subiu de cinco para sete mil estudantes da rede pública, privada, ONGs e associações, clubes e demais instituições.

A realização da LIGA NESCAU representa uma importante iniciativa de marca de achocolatados da NESTLÉ com o objetivo de disseminar os valores do esporte entre as crianças e famílias, por meio do estímulo ao convívio social e à interação, provocando o espírito de equipe e coletividade, além da empatia e companheirismo.

Para promover a LIGA NESCAU, A NESTLÉ conta com a parceria do Grupo Speeed, responsável por toda a operação do torneioA comunicação da marca fica a cargo da Agência Ogilvy e toda a identidade visual é tratada pela FutureBrand. Informações  sobre a LIGANESCAU® Jovem Pan estão disponíveis no link www.nestle.com.br/nescau/liga-nescau, na fanpage de NESCAU® e no site www.nescau.com.br.

NESCAU® e o esporte
NESCAU® possui um longo histórico de apoio à prática de esportes, destacando sua importância do esporte como ferramenta fundamental para fortalecer a autoconfiança de crianças e adolescentes, além de estimular o convívio social e a interação, provocando o espírito de coletividade.

As primeiras iniciativas da marca neste universo começaram ainda na década de 60, com o patrocínio às competições de ciclismo. Posteriormente, nos anos 80 e 90, NESCAU® também apoiou grandes eventos de esportes radicais, incluindo surfe, wakeboard e skate. Mais recentemente, NESCAU® patrocinou a Liga de Basquete 3×3, em parceria com a Associação Nacional de Basquete 3×3 (ANB3x3). Em 2014, a marca atingiu um marco inédito ao impactar mais de 33 mil estudantes com o apoio à realização de torneios intercolegiais em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Recife. Desde 2015, NESCAU® organiza anualmente sua competição independente poliesportiva, totalmente gratuita, a Copa NESCAU®, que reúne milhares de estudantes da rede pública e privada da cidade de São Paulo (SP). A marca organiza também, desde 2016, o projeto JOGADEIRA, sempre aos domingos em sete diferentes pontos da capital paulista, com o objetivo de incentivar a ocupação de espaços públicos para a prática de brincadeiras relacionadas ao esporte (Jogar + Brincadeira = JOGADEIRA) para que as crianças insiram mais atividades físicas na sua rotina e resgatem a diversão em meio a prática esportiva.

Assessoria de Imprensa:
ZDL
Doro Jr. – MTb 13209 – [email protected]
Rafael De Marco – Mtb.: 27556 – [email protected]