BIKE MTB

Henrique Avancini consegue resultado histórico em Mundial de MTB

Atleta brasileiro foi o 4º colocado no Mundial que reuniu os melhores atletas do mundo da categoria. Raiza Goulão conseguiu a 14º colocação na elite feminina.

O ciclista brasileiro Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) conquistou neste sábado, 9, uma marca histórica no Campeonato Mundial de Mountain Bike, disputado em Cairns, na Austrália. O atleta fez uma grande performance e conquistou o 4º lugar entre os melhores ciclistas do mundo no MTB. Henrique chegou logo atrás dos campeões olímpicos. O ouro ficou com o suíço Nino Schurter, o segundo lugar foi do tcheco Jaroslav Kulhavy, seguido pelo suiço Thomas Litscher, terceiro colocado.

Nino Schurter, campeão mundial,comemora vitória (Foto: Michal Červený/UCI)

Em entrevista para o Goodsports, Avancini falou sobre a marca histórica, e disse que está muito feliz com o resultado. “Estou totalmente satisfeito, fiz um corrida bastante consistente e arisquei por algo grande durante a prova, no meio eu fiquei em uma situação delicada entre os líderes e os perseguidores, em um circuito onde é bastante difícil andar sozinho, mas eu sustentei muito bem, acabei perdendo a chance de medalha mas estou muito feliz, já tem alguns anos que eu venho tentando essa performance”, declarou.

Avancini que disputou lado a lado com os dois últimos campeões mundiais e olímpicos, atribui o resultado a muito treino e dedicação. “É um esporte de alto rendimento e isso é um resultado de muita resiliência, então estou muito feliz, são os melhores do mundo que trabalham muito para um bom resultado nessa competição e eu consegui trazer isso para o mountain bike brasileiro”, afirmou.

Avancini na disputa do Mundial (Foto: Michele Mondini/Redes sociais)

Após o resultado inédito, Henrique faz um balanço da temporada de sucesso. “Venho fazendo uma temporada bastante sólida, mas eu diria que é a jornada, o que eu venho passando nos últimos anos, os momentos difíceis que me amadureceram para ter um desenvolvimento acima e mais veloz que o normal, e isso leva tempo, eu perdi para os últimos dois campeões olímpicos e venho quebrando barreiras, e vejo que todo meu esforço e minhas horas a mais de treinos deram resultado”, disse.

Resultados Elite Masculina (Foto: reprodução)

Com a temporada chegando ao fim, o atleta pretende fazer uma pequena pausa e retornar ainda mais forte no próximo ano. “Quero descansar um pouco, foi uma temporada longa, mas não tive desgastes grandes, quero terminar esse ano com muita energia. Precisei construir esse resultado vindo da minha pior fase no esporte, de uma lesão grave, por isso quero começar 2018 melhor do que eu comecei 2017 e dar sequência a esse bom trabalho”, concluiu.

Resultado Elite Feminino (Foto: reprodução)

Outro destaque no Mundial foi a atleta brasileita da elite feminina, Raiza Goulão que conquistou a 14º colocação e fechou o top 15 entre as melhores ciclistas de MTB do mundo. Em primeiro lugar a suíça mais uma vez mostrou sua força com a atleta Jolanda Neff, seguida pela britânica Annie Last e em terceiro a francesa Pauline Prevot.

O atual campeão brasileiro Luiz Henrique Cocuzzi não conseguiu terminar a prova.

Confira os resultados completos das elites aqui.

Veja os melhores momentos da disputa: