BIKE BMX TRIATLO

Priscilla Stevaux disputa Campeonato Mundial de BMX nos Estados Unidos

 Mundial acontece nesse final de semana, em Rock Hill . No Equador, o triatleta Reinaldo Colucci disputa o Ironman 70.3 de Manta

O Shimano Sports Team estará representado por dois atletas em importantes provas realizadas no exterior. Em Rock Hill, nos Estados Unidos, a sorocabana Priscilla Stevaux (Shimano/Dougtraining/CCSJC) compete neste fim de semana no Campeonato Mundial de BMX. No Equador, o descalvadense Reinaldo Colucci (Sesi/Scott) terá pela frente, no domingo (30), o Ironman 70.3 de Manta.Após um período na Europa, entre abril e maio, com bons resultados e uma inédita classificação para a final da Copa do Mundo de BMX, Priscilla espera estar entre as oito melhores do mundo em Rock Hill. “Chegar em um Campeonato Mundial com equilíbrio físico e mental é fundamental para um bom desempenho. No último, eu conquistei a 15ª colocação e neste ano estou entrando na disputa com o objetivo de chegar na decisão. Estou confiante e feliz por mais uma vez representar o nosso País na principal competição da temporada”, declara Priscilla, atleta apoiada pela Shimano antes, durante e agora, após as Olimpíadas Rio 2016.

Priscilla Stevaux (Foto: Divulgação)
Ironman 70.3 de Manta 
Para Reinaldo Colucci, o Ironman 70.3 de Manta é importante na sua busca por uma vaga no Campeonato Mundial de Kona, no Havaí. Na prova equatoriana, no domingo (30), mais uma vez Colucci enfrentará 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21 km de corrida. A prova na cidade de Manta tem percurso plano e rápido, e o maior desafio acaba por ser o clima quente que os atletas encontrarão na disputa.

“O 70.3 de Manta é válido como classificatória para o Mundial de Ironman do Havaí deste ano, uma vez que a primeira lista dos 40 classificados será anunciada logo na segunda-feira (31). No momento estou próximo da linha de corte, por isso um pódio domingo se torna importante para que eu não seja surpreendido e acabe tendo que buscar outras competições para entrar na última chamada das dez vagas complementares do fim de agosto. Estou preparado e confiante no resultado. As últimas semanas foram muito boas, de treinos, e acredito já voltar do Equador com o passaporte carimbado para Kona”, conta Reinaldo Colucci.

Reinaldo Colucci (Foto: Wagner Araujo / MundoTri)