BIKE ESTRADA

Mundial de Ciclismo da Noruega começa com crono por equipes

Serão 12 provas distribuídas ao longo de uma programação de oito dias, início é neste domingo, 17.

Começa no dia 17 e seguirá até o dia 24 de setembro, a edição 2017 do Campeonato Mundial de Ciclismo de Estrada, na cidade de Bergen, na Noruega. A principal competição da modalidade no mundo terá disputas no contrarrelógio individual, contrarrelógio por equipes e resistência. Ao todo, são 12 provas distribuídas ao longo de uma programação de oito dias.

As disputas do Mundial terão início com o contrarrelógio por equipes no dia 17. Para homens e mulheres, a prova terá 42,5 km, com as mulheres largando pela manhã e o masculino, a partir das 15h35. (horário local). Grandes nomes deverão estar por lá, como o campeão da Vuelta e Tour de France 2017, Chris Froome, que irácomandar o sexteto da Sky ao lado de nomes como Kwiatkowski, Kiryienka e Thomas.

Mundial definirá os campeões da modalidade (Foto: reprodução)

Na segunda-feira (18), terão início as disputas do crono individual (TT). No período da manhã, será a vez da Júnior feminina (16,1 km) entrar em ação e, a tarde, acontecerá a prova para o Sub23 masculino (37,2 km).

Na terça-feira, dia 19, ciclistas da categoria Júnior masculino entram em ação na prova com 21,1 km. A tarde, no mesmo dia, acontece a prova da Elite feminina, também com 21,1 km. A programação segue na quarta-feira, dia 20, com a disputa da crono individual da Elite masculina. Serão 31 km para definir o novo campeão mundial da modalidade.

As disputam retornam no dia 22, com as provas de Estrada. A categoria Júnior feminina larga pela manhã para percorrer os 76,4 km da prova e os homens da Sub23 competem no período da tarde, num percurso de 191 km. O sábado, dia 23, está reservado para a prova da Elite feminina. Serão 152,8 km para definir quem irá vestir a camiseta arco-íris de campeã Mundial de Estrada.

O Mundial chegará ao seu fim no dia 24 de setembro, com duas provas. A categoria Júnior masculina irá percorrer 133,8 km para conhecer o seu novo campeão. Logo depois da largada da Júnior, acontecerá a largada da Elite masculina. O pelotão terá pela frente um percurso de 267,5 km. É uma prova longa para definir o novo campeão mundial.

Dentre os favoritos, claro, está Peter Sagan (Bora-Hansgrohe). O eslovaco que acabou de vencer o GP de Quebec, no Canadá, e chegou a sua centésima vitória, chega como um dos principais concorrentes ao título na Noruega. Se vencer, Sagan chegará ao seu terceiro título mundial