BIKE MTB

Após 4º lugar em Mundial, Avancini fala sobre prova e importância da CIMTB Levorin para o mtb brasileiro

Henrique ficou atrás dos campeões olímpicos Nino Schurter e Jaroslav Kulhavy. Atleta é campeão antecipado da Elite Masculina na CIMTB Levorin

O atleta Henrique Avancini, de 28 anos, fez história no mountain bike brasileiro no Campeonato Mundial UCI de Mountain Bike. O competidor conquistou o 4º lugar na competição que aconteceu no sábado (9 de setembro) atrás dos campeões olímpicos, o suíço Nino Schurter que levou o ouro e o tcheco Jaroslav Kulhavy que ficou com a prata e o suíço Thomas Litscher que tem no histórico o ouro no Mundial na categoria Júnior em 2007 e ouro no Mundial na categoria Sub-23 em 2010.

Henrique falou da prova e da persistência durante a carreira em busca de resultados como esse. Ele também comentou da importância da CIMTB Levorin para difundir o mountain bike no Brasil. Na CIMTB Levorin, Henrique é campeão geral na Elite Masculina antecipado em 2017.

Henrique Avancini ficou em 4º lugar no Mundial de XCO (Foto: Thiago Lemos/CIMTB Levorin)

“Acho que a CIMTB tem um papel importante de difundir o que é o mountain bike no Brasil, principalmente o que é mountain bike Olímpico. Eu fico feliz porque é uma prova que vem crescendo como evento, tem um nível realmente mundial e eu fico feliz com o corpo de organização que está sempre muito empenhado em realizar melhorias. A CIMTB é importante para mim e para outros atletas, que podem competir no Brasil e fazerem uma prova de nível com grandes atletas internacionais. Isso é muito importante para o desenvolvimento esportivo e o desenvolvimento comercial do esporte. A CIMTB sem dúvida tem um papel muito importante para mountain bike brasileiro”, comentou.

Para ele, o resultado no Mundial é consequência de resiliência, já que o atleta teve uma grave na lesão na coluna em 2016 e de um trabalho intenso. “Eu arrisquei por algo grande durante o Mundial. Na metade da prova eu fiquei em uma situação bastante complicada, entre o grupo líder de três atletas e um grupo perseguidor maior, em um circuito que era bastante difícil andar sozinho. Eu sustentei muito bem, acabei perdendo a chance de medalha. Mas, independentemente do resultado, eu fico muito feliz porque são alguns anos que eu venho lutando e construindo esse tipo de performance. Tive vários problemas que são parte do esporte de alto rendimento e eu fico feliz porque este é o resultado de ser resiliente”, disse o atleta.

Henrique escreveu e publicou um texto na Fanpage dele, ressaltando a importância da paciência e persistência para conquistar este resultado. Em entrevista à CIMTB Levorin no último ano, Henrique revelou que pedala mais 1 mil km por semana em treinos.

“Como fator que levaram a esse resultado se dá ao fato que eu me preparei muito bem. Eu venho fazendo uma temporada sólida, eu diria que a jornada que é o que eu venho passando, principalmente em momentos mais difíceis, que me amadureceram para ter um desenvolvimento acima e mais veloz que o normal. As coisas levam tempo, mas se você parar para pensar eu perdi para os dois campeões olímpicos e para o Thomas Litscher que é um atleta promissor há muitos anos. Fico feliz, porque com esta prova vejo que posso colher resultados trabalhando dessa maneira”, comentou.

O organizador da CIMTB Levorin, Rogério Bernardes, parabenizou o atleta. “O Henrique está de parabéns. Ficamos muito felizes com este resultado que é fruto de muita dedicação e persistência, além do apoio da família e inúmeras pessoas, empresas e profissionais que também estavam nesta trajetória”, comentou.

CIMTB Levorin 2017
As inscrições da última etapa da CIMTB Levorin estão abertas. São Paulo acontecerá entre os dias 22 e 24 de setembro. Acesse e se inscreva.

Confira o regulamento completo.

A CIMTB Levorin conta pontos para o ranking mundial, da União Ciclística Internacional (UCI), fazendo parte do ciclo Olímpico Tóquio 2020, ranking brasileiro e, também, para a final do Campeonato Paulista.

Copa Internacional de Mountain Bike comemora a 22ª Edição em 2017. O evento tem patrocínio da Levorin, o pneu oficial da competição, e Co-Patrocinio da Specialized, Sense Bike e Audax.