BIKE MTB

Raiza Goulão tem prova de superação no Mundial de MTB e conquista 14ª colocação

Ciclista brasileira brigava pelo top10 quando teve um pneu furado na terceira volta

Raiza Goulão cravou mais uma vez seu nome na história do ciclismo brasileiro ao conquistar a 14ª colocação no Campeonato Mundial de Mountain Bike XCO, que está sendo realizado em Cairs, na Austrália. O percurso muito técnico e diversificado foi uma das principais dificuldades encontradas pelos competidores presentes no evento.

A prova da categoria Elite feminina aconteceu nesta sexta-feira (8) com largada às 23h, pelo horário de Brasília. Já nos primeiros metros a corrida, que contou com seis voltas, ficou bastante acirrada pela disputa das primeiras posições. A brasileira Raiza Goulão acabou não realizando uma boa largada, mas aos poucos foi ganhando posições e fechou a primeira volta na 23ª colocação. 

“Infelizmente não fiz uma boa largada, esse é um ponto que preciso melhorar. Apesar de ter treinado muito essa característica ainda preciso aperfeiçoar alguns detalhes para evitar perder posições na primeira volta. Mas conseguir manter a cabeça focada e depois de pedalar alguns quilômetros já comecei a me sentir melhor, notando o rendimento voltar de forma natural”, destacou a brasileira.

Raiza no Mundial (Foto: Matthew de Lorme)

Quando Raiza já brigava pelo Top10 e tudo parecia estar correspondendo da melhor maneira, um pneu furado na terceira volta acabou dificultando ainda mais a corrida da brasileira que precisou parar, trocar a roda, e voltar para realizar uma incrível prova de recuperação.

Nas últimas três voltas, Raiza pedalou sem erros para recuperar o tempo perdido e completar o percurso em 1h33min19s, conquistando a 14ª colocação. O primeiro lugar ficou com a suíça Jolanda Neff (1h27min17), seguida pela britânica Annie Last (1h29min40) e a francesa Pauline Ferrand (1h30min21).

“Apesar dos desafios estou muito feliz pelo resultado alcançado. Seria incrível brigar pelo Top10 até o final da corrida, mas imprevistos acontecem e servem para nos fortalecer cada vez mais. Quero muito agradecer a confederação pela oportunidade, ao técnico da seleção Carlos Polazzo, todos os companheiros da equipe brasileira que ajudaram muito nos treinos e minha equipe Primaflor Mondraker”, declarou Raiza.

Com o resultado alcançado, Raiza Goulão também conquistou pontos importantes no ranking mundial, onde atualmente ocupa a 15ª colocação com 1145 pontos. A atleta agora retorna para o Brasil onde irá finalizar sua temporada competindo algumas provas do calendário CBC/UCI.